17 de março de 2017

Descubra como apresentar corretamente os seus imóveis e potencializar os seus resultados em vendas.

O marketing digital é uma das melhores ferramentas de divulgação de imóveis para corretores autônomos e imobiliárias de todos os tamanhos, mas muitos profissionais ainda carregam alguns vícios da propaganda offline na hora de produzir seus anúncios para a internet. Hoje, em uma época em que os classificados não são tão presentes, o meio online permite que o cliente tenha muito mais informação. Por isso, é essencial saber usar bem todos os recursos disponíveis para alcançar o público-alvo com ainda mais eficiência. Veja como apresentar corretamente seus imóves na internet e potencializar os seus resultados.

Informações completas atraem mais clientes para seus imóveis na internet

Ao contrário dos jornais e revistas, em que cada centímetro de publicidade tinham valores caríssimos, hoje a divulgação online oferece espaço mais do que suficiente para descrições completas do imóvel que está à venda. Por isso, facilite o máximo possível a leitura de seu futuro cliente. A ideia é que, ao ler, o cliente visualize automaticamente o imóvel, sentindo-se como se já estivesse visitando o local.

Não use abreviações: como você não precisa economizar espaço, esqueça as abreviações, deixando a leitura mais confortável. Além disso, use palavras de fácil entendimento, que não tenham sentido duplo.

Seja objetivo, economizando adjetivos: vá direto ao ponto, evitando usar muitos adjetivos. Em vez de “lindo apartamento com 3 quartos muito amplos e sala com belíssima vista no melhor lugar de Botafogo”, use “amplo apartamento de 3 quartos em Botafogo”. Nunca deixe de colocar a localização do imóvel logo na primeira linha, mas deixe de fora palavras ou termos subjetivos, que dificultem o entendimento.

Não use jargões: jargões deixam o anúncio pouco profissional, reduzindo a sua  credibilidade.

Descreva as dependências: a descrição das dependências devem vir a seguir, pulando uma linha para dar mais destaque ao texto e tornando o anúncio mais “arejado”. Informe ao cliente a quantidade de cômodos, começando pelos quartos e avançando para a parte social da casa: “São 4 quartos, sendo uma suíte, sala de estar e sala de jantar, escritório, cozinha americana, varanda gourmet, banheiro social, lavabo e dependências completas de empregada”, por exemplo.

Descreva os diferenciais do imóvel: pule uma linha e descreva os diferenciais no imóvel, como piso de tábua corrida nas salas, balcão de ladrilhos hidráulicos na cozinha, churrasqueira na varanda gourmet, armários em todos os quartos, cômodos com ar condicionado e/ou ventiladores de teto, box com Blindex nos banheiros.

Dessa forma, seu anúncio fica completo e bem organizado, favorecendo a leitura e melhorando a experiência do cliente na internet.

Atenção na escolha das fotos para ilustrar seu anúncio na internet

Agora que você já fez o texto, é a hora de pensar na escolha das fotos que irão ilustrar o seu anúncio. A ideia aqui, é fazer o cliente sentir-se como se estivesse no imóvel. Por isso, as imagens devem ser bem nítidas, de bom tamanho e excelente qualidade. Coloque quanta fotos forem necessárias para mostrar todos os aspectos da casa, dando especial atenção aos diferenciais do imóvel, ou quantas a plataforma permitir para cada anúncio. Lembre-se de incluir imagens dos jardins, vista, garagem e até a portaria do edifício se ela ajudar a agregar valor. Na hora da produção, preste atenção em alguns aspectos:

Ambientes devem estar arrumados: ninguém gosta de ver bagunça nem sujeira, por isso, arrume o cenário se for preciso. Tire baldes, ferramentas e objetos de pintura ou reforma e até mesmo roupas e objetos pessoais, o que pode ocorrer se o imóvel ainda não estiver desocupado.

Saiba aproveitar a iluminação natural: utilize sempre a luz natural, procurando fazer as fotos nos horários em que ela é mais favorável. Pela manhã a luz do sol ajuda a realçar as cores e as formas e, à tardinha, o efeito é mais plástico, mas corre o risco de ficar escuro e com sombras. Durante a tarde, a luz é muito intensa e tende a deixar as imagens mais “achatadas”, com pouco volume. O melhor período, então, é entre 7h e 11h. Cuidado também para não criar sombras ou fotografar contra a luz.

Forneça informações complementares

Além dos dados sobre o imóvel, inclua no seu anúncio algumas informações complementares, que ajudem o cliente a se situar e a ter uma boa noção do que há no entorno.

Use legendas descritivas: todas as fotos devem ser acompanhadas por legendas descritivas, que complementem o que o cliente está vendo.

Descreva o local em que o imóvel está inserido: se o imóvel estiver em um condomínio, fale um pouco sobre a sua infraestrutura: “Condomínio com área de lazer completa com piscina, sauna, bar e academia. Garagem para dois carros, sistema de segurança com monitoramento 24hs através de câmeras e cartão de acesso exclusivo aos moradores”.

Cite os serviços oferecidos na região: sem citar nomes para não fazer propaganda desnecessária, fale um pouco sobre o comércio local e o transporte: “Padaria, farmácia e restaurantes a menos de 200 metros, próximo ao metrô e a duas escolas de ensinos Médio e Fundamental”, por exemplo.

Leia, releia e revise erros de português

Depois que estiver pronto e antes de publicar, leia e releia o texto com atenção. Veja se todas as frases estão fazendo sentido, se o texto de forma geral tem fácil leitura e corrija qualquer erro de português. Se ficar na dúvida, peça a alguém para revisar para você.

Pronto, agora é só publicar seu anúncio no site e aumentar sua taxa de fechamento de negócios!

Fonte Viva Corretor Postado em 21 de fevereiro de 2017