28 de setembro de 2021

XANGAI (Reuters) - O mercado acionário chinês fechou em alta nesta terça-feira, liderado pelos ganhos em ações imobiliárias depois que o banco central prometeu proteger consumidores expostos ao mercado imobiliário, mesmo com o país enfrentando uma crise energética e preocupações sobre a recuperação da economia.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, avançou 0,13%, enquanto o índice de Xangai teve alta de 0,54%.

O índice imobiliário do CSI 300 saltou 5,6% depois que o Banco do Povo da China prometeu proteger consumidores expostos ao mercado imobiliário na segunda-feira e injetou mais dinheiro no sistema bancário.

O governo de Shenzhen começou a investigar a unidade de gestão de patrimônio da incorporadora Evergrande, no sinal mais claro até agora de que as autoridades podem agir para conter os riscos de contágio.

O subíndice bancário subiu 1,8% conforme as ações do setor imobiliário da China se recuperaram.

Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,19%, a 30.183 pontos.

Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,20%, a 24.500 pontos.

Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,20%, a 24.500 pontos.

Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,54%, a 3.602 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,13%, a 4.883 pontos.

Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 1,14%, a 3.097 pontos.

Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 0,76%, a 17.181 pontos.

Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,73%, a 3.077 pontos.

Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 1,47%, a 7.275 pontos.

Fonte: https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2021/09/28/acoes-da-china-fecham-em-alta-apos-garantias-do-banco-central.htm